Monofobia: O Que Causa o Medo de Ficar Sozinho?

Você é incapaz de ficar sozinho?

Eu não suporto ficar sozinho

Eu sempre quero pessoas ao meu redor

Eu não sei porque eu me sinto desconfortável quando estou sozinho

Essas declarações soam familiares para você? Então você pode estar tendo um problema com a monofobia ou o medo de ficar sozinho.

Nós humanos somos seres sociais. Devemos desfrutar da companhia dos outros e nos sentir bem quando estamos cercados de pessoas. No entanto, qualquer ser humano normal também deve poder passar um tempo sozinho sem se sentir desconfortável, infeliz ou ansioso.

O medo de ficar sozinho tem a ver com sentimentos intensos de desconforto quando você acredita que está prestes a ficar sozinho, mesmo por um curto período de tempo.

A monofobia, ou o medo de ficar sozinho, é um termo abrangente para vários medos discretos. Algumas pessoas têm medo de serem separadas de uma pessoa em particular.

Algumas têm medo de morar sozinhas ou estar em público sozinhas. Ainda assim, outros têm medo de ficar sozinhos em casa. Esses medos podem ou não compartilhar uma causa comum.

Uma Pesquisa Mundial de Saúde Mental descobriu que a adversidade na infância e o trauma ao longo da vida eram fatores de risco importantes para o medo de ficar sozinho, tornando-se um transtorno de ansiedade de separação completo. Independentemente da gravidade do medo, existe tratamento.

Monofobia: O Que Causa o Medo de Ficar Sozinho?

O Que Causa o Medo de Ficar Sozinho

1. Medo de enfrentar seus pensamentos

A mente humana pode fazer muitos truques para ajudar uma pessoa a escapar de um problema ou de um pensamento indesejado. Uma vez que seu cérebro percebe que você quer fugir de um certo pensamento, ele pode realmente ajudá-lo a fazer isso de várias maneiras.

Uma das maneiras que seu cérebro pode ajudá-lo a escapar de um pensamento indesejado é evitar que você fique sozinho, fazendo com que você se sinta desconfortável. Nesse caso, porque você está com muito medo de enfrentar seus problemas, seu cérebro decidiu usar esse truque para evitar que você os enfrente.

2. Medo de ser abandonado

Se você sentiu que foi abandonado por seus pais ou por pessoas importantes durante a infância, então você pode desenvolver a monofobia na sua vida adulta.

Nesse caso, a ferida de infância que aconteceu com você no passado se tornou a principal fonte de seu medo. Nesse caso, você pode estar com muito medo de que o passado se repita e que as pessoas o abandonem.

3. Compreensão errada da proximidade

Muitas pessoas, especialmente mulheres, dão um significado errado à proximidade. Essas pessoas assumem que o amor significa que uma pessoa deve estar ao lado dela 24 horas por dia.

Essas pessoas também acreditam que, se alguém for embora por algum tempo, isso significa que essa pessoa não gosta delas. Esse entendimento errado da dinâmica do amor e das diferenças individuais entre as pessoas pode resultar no medo de ficar sozinho.

4. Sérios problemas de autoestima

Se a pessoa tiver sérias dúvidas sobre si mesma ou sobre seu próprio valor, ela poderá ficar extremamente sensível a ficar sozinha.

Nesse caso, a pessoa interpreta o evento de ser deixado sozinha como se não fosse digna de ser amada. Esse problema de percepção alimenta o medo de ficar sozinho, pois a pessoa faz o possível para evitar que a situação não seja indigna.

5. Intensa necessidade de aprovação

A necessidade de aprovação pode se tornar tão intensa que a pessoa pode se sentir mal sempre que for deixada sozinha. Nesse caso, a pessoa teme estar sozinha, porque para ela significa que os outros não estão lhe aprovando.

Como Superar Esse Tipo de Medo

Para superar esse tipo de medo, você precisa entender que a causa é diferente de um caso para outro. A chave para acabar com qualquer tipo de medo é saber exatamente o que sua mente está tentando lhe dizer quando lhe envia esse tipo de mensagem.

Em um artigo anterior emoções são apenas mensagens, eu expliquei como sua mente sempre tenta se comunicar com você usando emoções. Quando você entender verdadeiramente o propósito da mensagem, será capaz de responder melhor a ela.

Se o seu medo de ficar sozinho é grave ou afeta sua vida diária, a melhor solução é procurar tratamento profissional. Como todas as fobias, o medo de ficar sozinho responde bem a uma variedade de opções de tratamento. A monofobia é por vezes afiliada a outros medos e o seu terapeuta poderá criar um plano de tratamento individualizado que aborde todas as suas preocupações.
Postagem Anterior Próxima Postagem