O Que o Amor Nos Ensina: 17 Lições de Vida Amorosa Que Aprendemos Com o Coração Partido

Ter seu coração partido vem com enormes quantidades de tristeza e perda. Muitas vezes, não há uma maneira fácil de se livrar dessa dor. Em vez disso, é algo que você precisa processar gradualmente até chegar a um ponto em que poderá abrir seu coração para outra pessoa. Alguns dias, você duvidará que seja possível seguir em frente. Você pode achar difícil sacudir todas as dolorosas lembranças do seu passado. Em outros dias, no entanto, você começará a vislumbrar a luz no fim do túnel e poderá até se sentir pronto para começar a planejar partes do seu futuro.

Sempre que seu coração está partido, é vital que você encontre uma maneira de fazer uso da experiência. Como se vê, o que o amor nos ensina quando estamos tristes é tão precioso quanto o que aprendemos quando as coisas estão indo bem. De fato, existem certos tipos de crescimento pessoal que só podem ser facilitados por grandes perdas; portanto, é importante que você dedique algum tempo à autorreflexão, mesmo quando o desejo de reprimir suas emoções é forte. Aqui estão 17 das lições mais profundas e significativas da vida amorosa que só podemos internalizar com a dor do coração partido.

O Que o Amor Nos Ensina: 17 Lições de Vida Amorosa Que Aprendemos Com o Coração Partido

1. Você Descobre Quem Realmente Está Com Você

Aqueles que estão com você quando seu coração está partido são as pessoas que realmente se importam com você e que estão dispostas a passar por experiências difíceis com você. Embora os amigos de bons momentos possam desaparecer até que você possa estar mais "divertido" novamente, amigos verdadeiros o ouvirão, o apoiarão e garantirão que você nunca se sinta sozinho.

Em alguns casos, eles também dizem as coisas difíceis que você precisa ouvir para ajudá-lo a seguir em frente. E quando a vida se tornar mais fácil e feliz para você, você terá uma noção melhor de quem merece seu investimento emocional e quem não merece.

2. A Mudança é Assustadora, Mas Necessária

Deixados a nosso bel prazer, costumamos ficar com o confortável e o familiar, mesmo quando não está mais funcionando tão bem para nós. Quando enfrentamos desgosto ou coração partido, também somos forçados a enfrentar mudanças. Você pode achar isso aterrorizante e desestabilizador, mas também inicia um processo transformador que permite reexaminar absolutamente tudo sobre como você vive. Este é o momento perfeito para repensar sua carreira, seus valores e seus objetivos, bem como o que você deseja de um relacionamento.

Mais adiante, você pode perceber que essa mudança era necessária, mesmo que sua fonte foi desagradável.

3. É Bom Pedir Ajuda

Você pode achar difícil pedir ajuda quando precisar, especialmente se você foi criado para acreditar que deveria ser autossuficiente ou foi informado de que apenas os fracos dependem de outras pessoas. No entanto, é praticamente impossível viajar sozinho de coração partido.

Ao buscar o apoio necessário, você perceberá que não é apenas aceitável fazê-lo, mas também é positivamente bom, fortalecendo seus relacionamentos e sua autoestima.

Depois de pedir ajuda em uma situação tão difícil, talvez seja mais fácil pedir ajuda de maneira mais geral, tornando todas as dificuldades da vida um pouco mais fáceis.

4. O Tempo Cura Feridas, Mas Algumas Lições Duram Uma Vida

Como observado acima, o coração partido e o desgosto pode parecer interminável no início. No entanto, você logo descobrirá que a dor desaparece com o tempo e que gradualmente se torna manejável. Por outro lado, as lições emocionais e psicológicas que você aprende duram para sempre e ajudam a guiá-lo em todos os seus relacionamentos futuros. Você saberá mais sobre o que deseja e precisa de um parceiro e, portanto, terá menos probabilidade de gastar tempo e energia com pessoas que não são adequadas para você. Fundamentalmente, você também saberá com certeza que pode sobreviver até às piores formas de adversidade, e isso pode torná-lo mais ousado na busca de novas conexões.

5. Sempre há Males Que Vem Para o Bem

Embora todos saibamos o ditado "há males que vem para o bem", você realmente precisa passar por um coração partido ou desgosto para ver se sempre traz benefícios surpreendentes. Às vezes, por exemplo, é necessária uma separação difícil para guiá-lo ao seu parceiro ideal mais adiante.

Em outros casos, é uma experiência de desgosto ou coração partido que o levará a fazer mudanças maciças em sua vida de maneira mais ampla. Embora você não veja imediatamente o bem preso a um coração partido, acredite que ele virá. Quando você olhar para trás em seis meses ou um ano, ele começará a aparecer.

6. Você Precisa Assumir a Responsabilidade Por si Mesmo

Uma das lições mais difíceis do coração partido é que você precisa assumir a responsabilidade por suas ações, suas necessidades e seus sentimentos. Isso não significa que sua dor é sua culpa - longe disso.

Em vez disso, o pensamento é que você não pode confiar em outra pessoa para cuidar de você e regular suas emoções. Frequentemente, quando nos apegamos profundamente a alguém em um relacionamento, nos tornamos dependentes ou os vemos como a fonte de nossa felicidade e valor. Um rompimento é um lembrete difícil, mas importante, de que essa felicidade tem que vir de dentro, assim como a sua autoestima.

7. Você Não é Definido Pelos Seus Relacionamentos

Da mesma forma, passar por um desgosto ou coração partido ajuda a avaliar o fato de que você é um indivíduo. Sua identidade não é substituída pela do seu parceiro e não é definida pela sua parceria.

Quando um relacionamento termina, pergunte-se o que pode ter sido perdido dentro dele. Quais partes de você foram empurradas para baixo ou colocadas de lado para fazer o relacionamento funcionar? Como você pode nutrir essas partes agora, recuperando-as como aspectos positivos de sua individualidade?

Além disso, lembre-se de que você sempre vale alguma coisa. Você não precisa fazer parte de um casal ou fazer qualquer coisa para que outra pessoa seja verdadeira.

8. Todo Mundo Passa Por Desgosto

Se você nunca teve seu coração partido antes, pode ter pensado que isso nunca aconteceria com você nesta vida. Pelo contrário, é uma experiência universal e importante para o crescimento e o autoconhecimento. Depois de passar por isso, o processo é desmistificado e você passa a entender que é apenas parte da vida. É doloroso, mas não pode ser evitado. Essa nova conscientização pode ajudar a encorajá-lo a correr mais riscos e a se colocar mais à frente, pois você sabe que não há como simplesmente se esconder de toda dor ou desconforto.

9. A Saúde Mental é Tão Importante Quanto a Saúde Física

Quando sua saúde mental é boa, é mais fácil subestimar a importância e se concentrar em cuidar do seu corpo. No entanto, quando seu coração está partido, você percebe o quão crucial é realmente o seu bem-estar mental. Isso pode levá-lo a cuidar de sua saúde psicológica de maneira mais deliberada e completa. Além disso, esse é um hábito que pode melhorar e prolongar sua vida.

Pense em como você pode praticar melhor o autocuidado durante seu período de coração partido ou desgosto. Além disso, considere como você pode continuar cuidando de si mesmo a longo prazo. Muitas vezes, é uma queda na saúde mental que o deixa determinado a mantê-la no futuro.

10. Você se Lembra de Seus Velhos Objetivos e Inspiração

Assim como um rompimento pode familiarizá-lo com partes de você que foram suprimidas em seu relacionamento, isso lhe dá a oportunidade de se reconectar com seus antigos objetivos.

O que você desistiu ou adiou para agradar a pessoa com quem estava? Como você pode perseguir esses objetivos agora?

Quando você começa a pensar sobre isso e começa a fazer planos, geralmente se vê vencido por uma antiga onda de inspiração que não sente há anos. Mais uma vez, isso é parte de recuperar sua identidade como indivíduo e olhar além do seu papel como parceiro de alguém.

11. O Coração Partido Alimenta a Criatividade

Muitas de suas músicas, romances e poemas favoritos provavelmente foram escritos em tempos de coração partido e desgosto. Passar por uma perda tão monumental tende a alimentar a criatividade. Então, pense um pouco no que você poderia fazer com seus sentimentos. Se você escreve, pinta, faz música ou fotografias, pode encontrar maneiras de canalizar sua dor para algo bonito.

Além disso, lembre-se de que você não precisa documentar suas experiências precisas se não quiser. Você pode simplesmente usar seus sentimentos como base de uma obra de arte e depois transformar a história em algo completamente diferente.

12. Nem Sempre Conseguimos o Que Queremos

Se você teve uma vida encantada até agora, ter seu coração partido vai lhe ensinar a lição importante de que nem sempre conseguimos o que queremos. Mesmo que você seja geralmente sortudo e feliz, certas coisas estão além do seu controle. Afinal, todas as vidas são compostas de alegrias e misérias. Embora pareça uma lição desagradável, também é um lembrete de que você pode optar por fazer algo de bom nos momentos em que não consegue o que deseja. Sempre que isso acontecer, pergunte a si mesmo o que descobriu, que aprendizado você levará adiante e como sua vida será diferente de uma maneira positiva.

13. A Independência é Subestimada

Muitos de nós abandonamos nossa independência quando entramos em relacionamentos. Embora isso possa parecer seguro e tranquilizador, ter o coração partido pode levá-lo a um nível de independência fortalecedor. Afinal, quando você é totalmente autônomo, pode escolher o que fazer com todos os aspectos da sua vida. Seu tempo e seu dinheiro são apenas seus. Sua única responsabilidade é tomar decisões que funcionem para você.

Tente fazer uma lista das coisas que você fará com sua nova independência. Pontos de bônus se você não podia fazer essas coisas enquanto ainda estava em seu antigo relacionamento.

14. As Emoções Podem Ser Passageiras e Não Confiáveis

Os rompimentos mostram algo importante sobre a natureza transitória das emoções.

Tudo o que sentimos, seja maravilhoso ou horrível, é temporário. Passar por desgosto ou coração partido mostra que mesmo os sentimentos mais desagradáveis ​​são passageiros, e isso pode ser uma fonte de força para você no futuro.

É saudável praticar um tipo de aceitação desapegada de suas emoções. Esta é uma pedra angular dos exercícios de atenção plena, que ensinam você a observar seus sentimentos e vê-los como algo que se destaca de você. Visualizar sentimentos dessa maneira pode ser libertador, dificultando o desespero no futuro.

15. O Amor Pode Revelar o Pior (e Melhor) Das Pessoas

Qualquer experiência de coração partido e desgosto mostra que o amor traz extremos a todos nós. Podemos estar no nosso melhor com nossos parceiros e também no nosso pior. Esta é uma lição útil para avançar em novos relacionamentos, lembrando-nos de não esperar perfeição de nós mesmos ou dos outros.

Além disso, tente lembrar que como você se sente e se comporta durante momentos de extrema angústia não é um guia confiável sobre quem você é como pessoa. Portanto, faça o seu melhor para não se sentir envergonhado ou frustrado com este período da sua vida. Além disso, não tire muitas conclusões sobre sua identidade.

16. Tudo Acontece Por Uma Razão

Tudo o que acontece na sua vida faz parte de uma narrativa que o guia em direção ao seu propósito de vida. No momento do coração partido ou desgosto, você simplesmente precisa acreditar que esse é um passo essencial em sua jornada. No entanto, mais tarde na vida, você poderá ver o papel que essa dor teve no seu desenvolvimento.

Para comprovar isso, lembre-se de algumas dificuldades anteriores que você enfrentou. Observe como você pode rastrear os desenvolvimentos positivos que vieram diretamente desse período desafiador. Seja paciente, acredite no seu futuro e saiba que você entenderá seu coração partido um dia.

17. A Vida Continua

Finalmente, assim como suas emoções não são permanentes, o mesmo ocorre em todas as etapas da sua vida. Quando você está com o coração partido, começa a ver que mesmo as experiências mais devastadoras não param a vida. Ela continua a seguir em frente, mudando ao seu redor, e com o tempo você mudará também. Os relacionamentos podem ser tumultuados e profundamente ofensivos, mas não o impedirão de seguir em frente.

Tente dizer "A vida continua" como uma afirmação para lembrá-lo de que esta é apenas uma fase difícil da vida, não toda a sua história. Com o tempo, isso será apenas uma memória. No entanto, as lições que você aprendeu permanecerão.
Postagem Anterior Próxima Postagem